Nunca pensei que os "olhos do meu coração, no dizer de S. Paulo, revelassem pormenores por mim julgados completamente esquecidos...
Quarta-feira, 14.12.11

                      

            Há mais de um ano que quase não saía à rua, sempre acompanhada e em sofrimento.

 

            Tinha caído, em casa, sem tropeçar, sem escorregar, encostada a um guarda fato, despenhando-me sobre os pés, como velha parede corroída pelo tempo, pelo mau tempo. foi no princípio de Novembro e como, apesar de não ter sofrido lesões externas, eram tantas as dores que passei mais de dois meses na cama, sem quase me poder mexer, por pouco que fosse.

 

            Não pude ir, como sempre fiz, participar na Igreja das cerimónias natalícias, tendo de me contentar, não sem grandes esforços, a assistir às transmissões da Televisão não me apetecia ler, ver Televisão, ouvir música.

 

            Hoje aqui estou de novo, de novo Natal.

 

 

publicado por clay às 23:38 | link do post | comentar | favorito
VISITAS EFECTUADAS DEPOIS DE 23 JULHO 2012

contador de visitas
VISITAS EFECTUADAS DEPOIS DE 23 JULHO 2012

contador de visitas
Visitas desde Maio de 2007

Contador de Visitas
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Dezembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
20
21
23
24
25
26
27
28
29
30
31
últ. comentários
Venha conhecer o nosso cantinho da escrita... Visi...
Querida Professora Acabei de ler o comentário da m...
Cara Drª Clementina Relvas,Vim hoje visitar o seu ...
Querida Vovó... ou Querida Professora:Para quem cu...
Querida Professora ,Estive uns tempos sem vir ao s...
Cara Sandra:É sempre um grande prazer e compensaçã...
Olá Cristina,tive o prazer de conhecer a su...
Dra Clementina :Fiquei feliz por receber uma respo...
Lisboa, 20 de Maio de 2011Peço desculpa de só agor...
Lisboa, 20 de Maio de 2011Querida Maria José:Lamen...
mais sobre mim
blogs SAPO