Nunca pensei que os "olhos do meu coração, no dizer de S. Paulo, revelassem pormenores por mim julgados completamente esquecidos...
Sábado, 22.12.12

 

Açores

 

Nas ilhas gregas

pressenti

o antigo passar

dos deuses

e os traços

dos mitos.

 

Era verão.

A paisagem austera faiscava

e o mar de cobalto

falava

de Ulisses

e sereias

 

Mas nestas ilhas não,

tudo é diferente:

não há máscaras de ouro

de reis que foram

nem cavalos de bronze

no fundo do mar.

 

Nestas Ilhas há Gente.

 

 

Angra do Heroísmo, 1984

 

Clementina Relvas

(em homenagem aos obreiros da reconstrução

dos Açores após o grande terramoto de 1980).

 

tags:
publicado por clay às 23:41 | link do post | comentar | favorito
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Dezembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
21
23
24
25
26
27
28
29
30
31
últ. comentários
Venha conhecer o nosso cantinho da escrita... Visi...
Querida Professora Acabei de ler o comentário da m...
Cara Drª Clementina Relvas,Vim hoje visitar o seu ...
Querida Vovó... ou Querida Professora:Para quem cu...
Querida Professora ,Estive uns tempos sem vir ao s...
Cara Sandra:É sempre um grande prazer e compensaçã...
Olá Cristina,tive o prazer de conhecer a su...
Dra Clementina :Fiquei feliz por receber uma respo...
Lisboa, 20 de Maio de 2011Peço desculpa de só agor...
Lisboa, 20 de Maio de 2011Querida Maria José:Lamen...
mais sobre mim
blogs SAPO