Nunca pensei que os "olhos do meu coração, no dizer de S. Paulo, revelassem pormenores por mim julgados completamente esquecidos...
Quinta-feira, 09.04.15

   Aos insensatos que dizem:

   «Não há Deus»

   e assim se pensam livres

   para  satisfazer

   sua vontade,

   Deus, lá do Céu,

   olha-os com compaixão

   por não saberem, sequer,

   em que consiste a liberdade.

 

   Não em amontoarem

   mil tesouros,

   oprimindo os pequenos.

   Não, deixando sem freio,

   sem controle,

   todos os seus apetites terrenos.

   Não, ignorando o outro

   e as suas dores,

   a sua míngua e a sua solidão,

   não, desprezando a vida,

   que não criam do nada,

   impotentes que são.

 

   Pois só Deus pode tudo

   e tudo d’Ele depende;

   e o homem, como a erva,

   breve nasce e fenece.

   Como um sopro se esvai

   e a sua liberdade,

   sem o selo de Deus,

   sem fruto e sem proveito,

   cedo desaparece.

 

Clementina Relvas

publicado por clay às 14:53 | link do post | comentar | favorito
VISITAS EFECTUADAS DEPOIS DE 23 JULHO 2012

contador de visitas
VISITAS EFECTUADAS DEPOIS DE 23 JULHO 2012

contador de visitas
Visitas desde Maio de 2007

Contador de Visitas
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Abril 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
13
14
17
18
19
23
26
27
28
29
últ. comentários
Venha conhecer o nosso cantinho da escrita... Visi...
Querida Professora Acabei de ler o comentário da m...
Cara Drª Clementina Relvas,Vim hoje visitar o seu ...
Querida Vovó... ou Querida Professora:Para quem cu...
Querida Professora ,Estive uns tempos sem vir ao s...
Cara Sandra:É sempre um grande prazer e compensaçã...
Olá Cristina,tive o prazer de conhecer a su...
Dra Clementina :Fiquei feliz por receber uma respo...
Lisboa, 20 de Maio de 2011Peço desculpa de só agor...
Lisboa, 20 de Maio de 2011Querida Maria José:Lamen...
mais sobre mim
blogs SAPO