Nunca pensei que os "olhos do meu coração, no dizer de S. Paulo, revelassem pormenores por mim julgados completamente esquecidos...
Segunda-feira, 08.03.10

CamContador freeisetas

 

      

                A abelha dourada esvoaçava à sua volta. A flor em botão escutava o seu zumbido mas não percebia. Era ainda muito nova. Nascera naquela manhã, não tinha experiência da vida.
                Depois, com o calor, uma das suas pétalas entreabriu-se um pouco, mas a abelha continuava a implorar: zzz-zzz-zzz.
                Ao fim de algum tempo, a rosa começou a compreender, pois as rosas sabem falar vária línguas, entre elas as das abelhas. De resto, toda a gente via logo qual era o intenso desejo da abelha.
                A rosa abriu-se um pouco mais e a abelha não se poupava a esforços para atingir o seu fim: chegar ao coração da rosa. E, ao fim de algum tempo, era já um lamento o seu zumbido: z- z- z…     
Finalmente, a rosa compreendeu. Mas gostava tanto de ver as outras flores,  as borboletas e toda a vida que se agitava à sua volta, naquele dia de sol, com o regatinho a brilhar por entre os juncos, que não se decidia a abrir, generosamente, as suas pétalas. Tinha medo da morte. Amava a vida.
A abelha já quase nem tinha forças para zumbir, pedindo o pólen. Estava morta de fome e de cansaço. Mas a rosa fechava-se na sua juventude recente e no seu apego às margaridas da margem do regato, a brilhar ao sol, embora uma vozinha, dentro de si, lhe censurasse, nem ela sabia bem o quê.
Zzzzzz- zzzzz- zz- z…
Então as pétalas abriram-se espontaneamente e, quando à tardinha, um sopro de vento a desfolhou, adormeceu feliz, junto ao regato, que mansamente cantava, entre os juncos da margem, o louvor daquela vida breve mas fecunda.
                                                                                             
          Lisboa, há tantos anos que já nem sei
                          Clementina Relvas
tags:
publicado por clay às 11:29 | link do post | comentar | favorito
VISITAS EFECTUADAS DEPOIS DE 23 JULHO 2012

contador de visitas
VISITAS EFECTUADAS DEPOIS DE 23 JULHO 2012

contador de visitas
Visitas desde Maio de 2007

Contador de Visitas
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Junho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
posts recentes

LOUVOR DA VIDA BREVE

últ. comentários
Venha conhecer o nosso cantinho da escrita... Visi...
Querida Professora Acabei de ler o comentário da m...
Cara Drª Clementina Relvas,Vim hoje visitar o seu ...
Querida Vovó... ou Querida Professora:Para quem cu...
Querida Professora ,Estive uns tempos sem vir ao s...
Cara Sandra:É sempre um grande prazer e compensaçã...
Olá Cristina,tive o prazer de conhecer a su...
Dra Clementina :Fiquei feliz por receber uma respo...
Lisboa, 20 de Maio de 2011Peço desculpa de só agor...
Lisboa, 20 de Maio de 2011Querida Maria José:Lamen...
mais sobre mim
blogs SAPO