Nunca pensei que os "olhos do meu coração, no dizer de S. Paulo, revelassem pormenores por mim julgados completamente esquecidos...
Domingo, 28.12.14

 

 Era Noite de Natal.

Devia desconfiar

como era raro, anormal,

no meio de tanta festa,

ver um menino sozinho,

abandonado, a chorar.

 

Comovi-me, aproximei-me

e quis saber a razão

deste abandono  tão grande,

desta profunda indiferença

que tolhia a multidão.

 

Disse-me então o menino

do fundo da sua dor:

«Não viste aquele drogado,

que a ganância destruiu?

Que triste e novo pecado…

 

Não viste a poluição

sem poupar rio nem flor,

e a manipulação

com que o homem se entretém

a  fazer de Criador?»

 

 

Espantado e aflito,

dirigi-me a ele:

-Senhor, eu  bem vejo que sois Vós

o Menino hoje nascido,

que depois morreu por nós.

 

«Que mundo injusto e brutal,

com tanta desigualdade

e  desamor que aí vai.

E tantos novos pecados

a ofender o meu Pai!»

 

Então caí de joelhos,

ergui  os olhos aos Céus,

fiz uma festa ao Menino

e pedi perdão a Deus

pelo nosso  desatino.

 

Todos os sinos soaram,

ouviu-se de monte a vale:

«Glória a Deus, lá nas alturas!».

Todos os homens choraram

tantas e tais desventuras…

 

E então é que foi Natal!                               

 

Lisboa, Natal de 2008

Clementina Relvas

 

Nota: Publicado no Jornal “Calhariz Jovem”                     

publicado por clay às 00:21 | link do post | comentar | favorito
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Dezembro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
16
17
19
20
21
23
24
25
27
31
últ. comentários
Venha conhecer o nosso cantinho da escrita... Visi...
Querida Professora Acabei de ler o comentário da m...
Cara Drª Clementina Relvas,Vim hoje visitar o seu ...
Querida Vovó... ou Querida Professora:Para quem cu...
Querida Professora ,Estive uns tempos sem vir ao s...
Cara Sandra:É sempre um grande prazer e compensaçã...
Olá Cristina,tive o prazer de conhecer a su...
Dra Clementina :Fiquei feliz por receber uma respo...
Lisboa, 20 de Maio de 2011Peço desculpa de só agor...
Lisboa, 20 de Maio de 2011Querida Maria José:Lamen...
mais sobre mim
blogs SAPO